Importação de inventário pelo Sintegra
2 min
Criado por RAMALIA SANTOS MOURAO em 17/01/2022 08:18

Objetivo:
Orientação para importação de inventário pelo arquivo Sintegra no sistema.

Orientação:
1. Importação Sintegra:
1.1. Para essa importação é preciso que o arquivo Sintegra seja devidamente validado;

Importante:
A validação faz-se necessária devido a estrutura, se houver qualquer informação divergente o próprio validador notificará informando.

2. Realizar importação no sistema:
2.1. Acesse a aba Integração, selecione opção Dados de Outros Sistemas;


2.2. Será apresentada a tela de Importação de Dados de Outros Sistemas; 
2.3. No campo Selecione o Tipo de Informação que será Importada;
2.3.1. Selecione a informação a ser importada:

👉Documentos Fiscais;
👉Observações;
👉Códigos Contábeis;
👉Cupom Fiscal (Tron);
👉ISSQN;
👉Contas a Pagar/Receber.


2.4. Poderá também marcar os seguintes campos;

👉Importar arquivo de Emitentes/Destinatários;
👉Importar arquivo de créditos de impostos do PIS e CONFINS;
👉Atualizar Classificação Fiscal do Produto;
👉Considerar no Rigistro 601, Campo: 10 - como valor "Unitário"


2.5. No campo Arquivo a Ser Importado;
2.5.1. Selecione o arquivo no local em que salvou o documento;


2.5.2. Clique em Gravar (F11) para salvar as informações;

2.5.3. O sistema irá notificar com relação a quebra de apuração;


2.5.4. No arquivo Sped possuem os dados de Inventário e os Registros 74 e 75 que obtém os lançamentos das notas fiscais;
2.5.5. Neste caso, uma vez que realizou o lançamento das notas fiscais, geração de guias, e geração também do arquivo, e está reimportando este inventário, quando for marcada a opção documentos fiscais, serão reimportadas as notas fiscais;
2.5.6. Marque se Sim ou se Não, e finalize a importação.

Este artigo foi útil para você?
Últimos artigos visitados