Cadastro de Portadores
7 min
Criado por RAMALIA SANTOS MOURAO em 24/09/2021 09:11
Atualizado por RAMALIA SANTOS MOURAO em 04/11/2021 11:04

Ambiente

LARIS,

Causa

Objetivo do Tutorial: Orientar quanto ao cadastro de portadores e utilização do mesmo.

Resolução

O cadastro de Portadores é o cadastro das informações da conta bancária do condomínio junto ao banco. Quando o condomínio passa registrar os boletos de cobrança, deve ser cadastrado ao menos um portador, para que seja gerado a remessa.

Todos os dados da conta deve ser verificado junto ao banco, verifique sempre com o gerente ou responsável todos os dados para que consiga realizar o preenchimento corretamente.

A opção se encontra em Menu Laris / Cadastros / Portadores.

Para editar o cadastro de algum portador pode clicar no ícone do “Lápis”, para exclusão de algum clique ícone “X” localizados na coluna de ações.

Para cadastrar um novo, clique no ícone “Adicionar” localizado no canto superior direito da tela.

 

Ao clicar em "Adicionar" será aberto a tela para cadastro contendo 5 abas para preenchimento.

A primeira aba é a “Geral”, contendo os seguintes campos:

Descrição: Consiste no nome que identifique o portador no cadastro do condomínio.

Conta de Recurso Financeiro: Neste campo deverá informar a conta de recurso financeiro que será contabilizado as baixas das faturas. Antes de informar deve ser cadastrado o plano de contas o grupo de contas de recurso e definida nos parâmetros do condomínio

A próxima aba para preenchimento é a aba “Cobrança”, contendo os seguintes campos:

Banco: Informe o Banco do Portador de acordo com as opções disponíveis, que são os atuais bancos existentes.

Sistema de Cobrança: Informe se é Simples, Registrada, ou sem registro conforme repassado pelo banco.

Modelo da Carteira: É o tipo de carteira que você irá trabalhar com o seu banco. Obrigatoriamente a partir de 2017 passa a ser tipo “Registrada” porém, é de total responsabilidade do cedente trabalhar com outro tipo que não seja a modelo registrada.

Agencia: Deverá informar a agência que o condomínio utiliza.

DV: Deverá informar o dígito verificador da Agência.

Conta: Deverá informar a conta que o condomínio utiliza.

DV: Deverá informar o dígito verificador da Conta.

Carteira: O código da carteira também é adquirido junto ao banco portador, pois é de acordo com o modelo de carteira.

Variação da Carteira: Esta variação se houver deve ser consultado com o banco portador.

A próxima aba de preenchimento, é a aba “Cedente”.

Nome do Cedente: O cedente é o condomínio que esta realizando a cobrança.

Tipo de Inscrição: O tipo de inscrição é de acordo com o nome do condômino, se é pessoa física é CPF, se for pessoa Jurídica será CNPJ.

Inscrição: Os dados da inscrição serão preenchidos de acordo com o selecionado no campo tipo de inscrição CPF ou CNPJ. Caso seja CPF, informe o CPF do condômino válido contendo 11 dígitos. Caso seja CNPJ, informe o CNPJ do condômino válido contendo 14 dígitos.

Convênio/Cedente: Quando é centralizado a cobrança, é fechado um convênio com o banco portador, e o mesmo passará a ter um número de convênio junto ao banco, e é exatamente este número que você vai informar neste campo.

DV: Deverá informar o dígito verificador do Convenio caso exista algum.

 

 

A próxima aba a ser preenchida, é a aba “Taxas”.

Juros ao dia: Informar se o tipo é percentual, valor fixo ou percentual para calcular valor. Ao selecionar o tipo de juros informe o valor ao lado.

Multa: Informar se o tipo é percentual, valor fixo ou percentual para calcular valor. Ao selecionar o tipo de multa informe o valor ao lado.

Encargos: Informe somente numeral que represente o valor dos encargos.

Desconto até o dia: Informe o ultimo dia que o condômino tem para pagar o boleto com valor de desconto, posterior a esse dia que informa, não será considerado mais o desconto informado no campo “Valor de desconto”.

Valor de desconto: Informar o valor do desconto que será concedido com pagamento até o dia informado ao lado caso houver.

 

A última aba para preenchimento é a aba “Remessa”.

Nosso numero inicial: Código inicial de controle que permite ao Banco e ao beneficiário identificar os dados da cobrança que deu origem ao boleto de pagamento

Nosso numero Final: Código final de controle que permite ao Banco e ao beneficiário identificar os dados da cobrança que deu origem ao boleto de pagamento

Código de transmissão: Fornecido pelo banco para controle na geração do arquivo remessa.

Posto/Cooperativa: É o código fornecido pelo banco, algumas cooperativas bancárias, tem um código parra cada agencia, deve verificar junto ao banco a existência antes do preenchimento.

Prazo Devolução: Deve ser informado conforme o prazo que deseja que o título permaneça no banco para efetuar o pagamento, caso este esteja igual a zero, após o vencimento o banco não aceitará mais pagamento por parte dos condôminos.

Tipo de codificação: Tipo do arquivo remessa que será gerado, cada banco aceita uma codificação ou UTF-8 ou ANSI.

layout CNAB:  Informar conforme repassado pelo banco o formato da remessa que eles utilizam para validação.

 

Ao finalizar o cadastro é somente clicar no ícone “Salvar”.

Este artigo foi útil para você?
Últimos artigos visitados