EFD-Reinf (R-1000) Evento Inicial
8 min
Criado por RAMALIA SANTOS MOURAO em 14/07/2021 09:28
Atualizado por ESTHER VITORIA FERREIRA CAMPOS em 02/03/2022 14:56

Objetivo:
Orientar como realizar a parametrização para geração da EFD-REINF dos eventos Iniciais e de Tabela que são eles R-1000 Informações do Contribuinte (Empresa) e R-1070 Tabela de Processos Administrativos/Judiciais.

Orientação:
1. Parametrização;
1.1. Acesse a Aba Cadastros, clique na opção Empresa, selecione a empresa e clique em Editar (ENTER);


1.2. Na Aba Escrita Fiscal clique em Reinf;

Tipo de Ambiente: define qual ambiente deseja enviar a REINF. De forma padrão o sistema traz o tipo Produção Restrita que significa ambiente de teste, sem validade fiscal. O tipo Produção é definido quando o usuário decide enviar suas informações com validade fiscal.
Órgão Público é o Ente Federativo Responsável – EFR: Necessita ser preenchido no caso de órgãos/entidades públicos. Informar se a empresa é pertencente a Órgão Público é/ou Ente Federativo Responsável – EFR ou se é uma unidade administrativa autônoma vinculada a um EFR. Essa informação é validada no cadastro do CNPJ na RFB.
CNPJ Ente Federativo Responsável – EFR: Necessita ser preenchido no caso de órgãos/entidades públicos.
Nome Ente Fed. Vinculado: informe o nome do Ente Federativo Responsável vinculado.
Indicativo de Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta: preencher se a empresa é ou não contribuinte da CPRB.
Observação: quando definido que é contribuinte sujeito à contribuição previdenciária sobre a receita bruta – (CPRB), a retenção informada será calculada sobre 3,5%. Se definido que não está sujeito à CPRB, a retenção informada será calculada sobre 11%, conforme manual de orientação.
Início Validade (Produção): defina aqui a data de início de obrigatoriedade de envio da EFD-REINF.

Início Validade (Prod. Restrita): defina nesse campo a data (01/05/2018) para envio do tipo Teste ao ambiente da EFD-REINF.
Escritório Contábil/Contador para o Reinf: nesse local é definido o escritório responsável pelo envio da EFD-Reinf.
Utilizar o certificado da empresa para realizar a transmissão dos eventos: exclusiva para certificados digitais do tipo A3 para aqueles que desejam utilizar somente o certificado da própria empresa para transmitir e assinar a EFD-REINF.

1.3. Ainda no cadastro de empresa, clique nos Extras (F10); 


1.3.1. Posteriormente, clique Definir Certificado Digital;


1.4. Acesse o Cadastro do Responsável do Escritório e confira os dados cadastrais se estão corretos em Cadastros, Escritório Contábil Contador ,  
1.4.1. Selecione o Escritório, clique nos Extras (F10), após em Empregado Responsável pelas Informações do Escritório;


1.5. Defina o Certificado do Contador ou do próprio Escritório Contábil em Extras (F10), na opção Definir Certificado Digital;



2 . Preenchimento do R-1000  Informação do Contribuinte:
2.1. Acesse a aba Reinf, Informações do Contribuinte, clique em Inserir (INSERT), preencha os dados solicitados corretamente;

Empresa apresenta Escrituração Contábil Digital: definir se a empresa é Obrigada ou Não Obrigada a entrega da ECD;
Classificação Tributária: preencher com o código correspondente à classificação tributária do contribuinte, conforme Tabela 8 do manual da EFD-Reinf;
Validação: Deve ser um dos códigos existentes na Tabela 8 do manual da EFD-Reinf. Os códigos [21 – Pessoa Física, exceto Segurado Especial] e [22 – Segurado Especial] somente podem ser utilizados se Tipo de Inscrição for igual a CPF. Para os demais códigos, o Tipo de Inscrição deve ser por CNPJ.
Indicativo da Situação da Pessoa Jurídica: informar o tipo de situação da pessoa jurídica CNPJ, sendo o tipo 0 – Situação Normal; 1 – Extinção; 2 – Fusão; 3 – Cisão; 4 – Incorporação;
Validação: O Preenchimento é obrigatório apenas para Pessoa Jurídica. Não preencher nas demais situações.
Indicativo de Desoneração: informar se está sujeito à Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta – CPRB, nos termos dos arts. 7º a 9º da Lei nº 12.546, de 2011 e alterações. Esse preenchimento será vinculado ao preenchimento do registro (R-2060);
Validação: Pode ser igual a [1 – Empresa enquadrada nos artigos 7° a 9° da Lei 12.546/2011] apenas se a classificação tributária for igual a [02, 03, 99].
Existência de acordo internacional para isenção de multa: informar se é Sem Acordo ou Com Acordo da existência internacional para isenção de multa.
Validação: Só pode ser igual a Com Acordo se a classificação tributária for igual a [60 – Missão Diplomática ou Repartição Consular de carreira estrangeira].

3. Gerar Reinf:
3.1. Acesse Aba Reinf, Gerar Reinf. O sistema irá buscar o Tron Integrador instalado em sua máquina (instalando o Tron Integrador) para realizar o envio dos eventos da EFD-Reinf;


3.2. Escolha inicialmente os “Eventos Iniciais”, que o sistema irá gerar o registro R-1000 – Informações do Contribuinte;


3.3. Após clicar em Gravar (F11), o sistema demonstrará em uma tela o evento que será enviado. Inicialmente o tipo de Operação é como Inclusão;


3.4. Escolha agora os Eventos Tabela, que o sistema irá gerar o registro R-1070 – Processo Administrativo/Judicial, se houver;


3.5. Após clicar em Gravar (F11), o sistema demonstrará em uma tela o evento que será enviado. Inicialmente o tipo de Operação é como Inclusão e listará todos os processos administrativos e judiciários criados;


5. Gestão de Eventos EFD-Reinf;

Após o envio dos eventos, conforme orientação anterior, temos agora que verificar se o WEBSERVICE da EFD-Reinf recebeu os eventos enviados e analisar o status dos eventos gerados;

5.1. Acesse Reinf , Gestão de Eventos;

Observação: antes de clicar em em buscar, analise os campos anteriores que são o Período de Geração, Empresa, Tipo de Ambiente, Status e Eventos/Registros. Se não marcar nenhum campo o sistema busca de forma genérica/todos, logo defina a data de geração o ano todo, se necessário, para buscar eventos enviados em todo o período.

5.2. Na opção  Extras (F10), podemos verificar os detalhes do XML com as informações que foram enviadas à REINF, tanto os eventos enviados quanto os recebidos. E também, contém a opção de Exclusão de log (Produção Restrita) que fará a limpeza de dados dos envios em ambiente Restrito;
 

6. Corrigindo Rejeição;
6.1. Para corrigir os erros analise o campo Ocorrência(s) dos eventos Rejeitados Clicando na Lupa;
6.2. Corrija o erro que se trata na Rejeição;
6.3. Gere novamente os Eventos corrigidos na Aba de Geração da Reinf;
6.4. Aguarde o Status de Aceito em Gestão de Eventos.

Este artigo foi útil para você?
Últimos artigos visitados