Como Parametrizar e Gerar o Sped ECF?
10 min
Criado por RAMALIA SANTOS MOURAO em 05/07/2021 12:54
Atualizado por EURILAINE FERNANDES DE OLIVEIRA em 20/04/2022 09:40

Orientação:
Nesse tutorial veremos 5 (cinco) conferências importantes a serem realizadas para a geração do SPED Contábil.

Solução:
1. Cadastro da Empresa:
1.1. Acesse a aba Cadastros, Opção Empresas, clique em Editar (ENTER)  verifique se todas as informações da aba Geral estão preenchidas de forma correta;
Observação:
Não poderá conter caracteres especiais: “, -, *, /.
1.1.1. Acesse a aba Contabilidade, verifique se todas as informações estão preenchidas;
Responsável pela Administração do Cadastro: Informar a unidade federativa responsável pela administração do cadastro da empresa. Ao selecionar alguma unidade da federação, ela será relacionada com a Secretaria da Fazenda do Estado ou equivalente;
Observação: Para mais informações a respeito desse campo, verifique tabela definida no campo 2 do registro 0007, conforme determina o Guia Prático do SPED Contábil (clique aqui).
Código Cadastral do Empresário ou Sociedade Empresária na Instituição: Informar o código de cadastro da pessoa jurídica correspondente ao responsável pela Administração do Cadastro. Se a empresa for controlada pela SEFAZ/RFB deverá conter o CNPJ; se for financeira, deverá ter o código respectivo pelo banco central;

2. Cadastros do Escritório Contábil Contador e Responsáveis/Sócios:
2.1. Acesse aba Cadastros, clique em Escritório Contábil/Contador, opção Editar (ENTER), verifique se as informações estão corretas, tais como: data de validade do registro CRC, número do CRC,  C.P.F. do Contador e os demais dados cadastrais do escritório contábil e contador;
2.2. Para acessar o cadastro do responsável pelo escritório contábil, selecione o Cadastro do Escritório Contábil e clique em Extras (F10), Empregado responsável pelas informações do escritório , preencha todos os campos, inclusive os campos referente ao e-mail.

3.  Estrutura de Demonstrações Contábeis:
3.1. Cadastro de DRE (Demonstração do Resultado do Exercício);
3.1.1. Acesse aba Cadastros, opção Estrutura DRE, conferir se há uma estrutura criada. Pois para o SPED Contábil é obrigatório a informação na declaração;

4.  Cadastro da DLPA/DMPL (Demonstração do Lucro e Prejuízo Acumulado/Demonstrações das Mutações do Patrimônio Líquido):
4.1. Acesse aba Cadastros, opção de Estrutura de DLPA, Inserir (INSERT)
 , Demonstração de Lucros de ou Prejuízo Acumulados;
4.1.1. Estrutura de DLPA É composta por três campos;
 Estrutura para Demonstração: É composto por duas informações obrigatórias; 
 Estrutura: É um campo obrigatório, nome utilizado para a estrutura, como, por exemplo, Demonstração de Lucro ou Prejuízo Acumulado;
 Descrição a ser utilizada no resultado:
 É o nome que irá aparecer como o resultado final da estrutura, exemplo: (=) Saldo Final de Lucros ou Prejuízos.
4.2. Selecione a Demonstração de Lucros de ou Prejuízo Acumulados, Observe que no Grupo tem a tecla de inserir (INSERT) , Clique em inserir (INSERT) novamente preencha a informação desejada e Gravar(F11) ;
Grupos: É composta por dois campos, Descrição do Título e Descrição do Resultado;
Descrição do título: É um campo Obrigatório, utilizado para informar qual o nome do grupo que irá compor a estrutura, exemplo: (+/-) Saldo do Início do Período;
Descrição do Resultado:
 Não e Obrigatório preencher, mas neste campo, e onde irá Totalizar o saldo do Grupo criado, por exemplo: (=) SALDO.
4.3. Selecione a Conta do Grupo, no campo ITEM, logo abaixo, clique na opção de inserir (INSERT)  , preencha a informação desejada e clique em Gravar(F11) ;
4.3.1.Esse campo é composto por Cinco itens; Tipo, Mês, Percentual %, Valor Manual e Conta;  Serve para demonstrar o acontecimento nos grupos, informar quais as contas que compõem o mesmo, mas para inserir os itens nesse campo, e necessário selecionar o grupo, para poder informar cada item que compõem o mesmo; 
Tipo:
- Conta Contábil: A opção mais utilizada para demonstrar e evidenciar a movimentação ocorrida na conta;
- Saldo Inicial: Irá levar apenas o saldo inicial da conta selecionada;
- Valor Manual: O usuário poderá informar manualmente o valor desejado para cada conta informada;
- Percentual: O usuário poderá informar os valores utilizando percentual desejado;
- Conta: Esse campo serve para selecionar a conta desejada em seu plano de contas, diferente da estrutura de DRE, onde informa conta analítica e conta sintética. Na Estrutura de DLPA seleciona apenas as contas de forma individual que estão no grupo. Ou seja, somente contas “Contas Analíticas do Plano de Contas”.
4.4. Para exemplificação a estrutura a ser criado poderá ficar da seguinte forma;
Lembrete: para geração da ECD, ano calendário 2018, entregue em 2019 deverá ser criado a estrutura da DLPA/DMPL, para confrontamento dos saldos iniciais e finais das contas Patrimoniais. A recomendação é realizar o cadastramento de contas que tem Saldo Inicial no grupo de “Saldo Inicial de Lucros ou Prej Acumulados” e também, em contas que tem movimentação no ano corrente de “Lucro/Prejuízo Líquido do Exercício”. Com isso estará evitando erros futuros na ECD/ECF. Caso tenha necessidade de preencher os outros tipos de grupos, realize;
Dica:
 para evitar erros na validação do SPED Contábil, confira as orientações. Deve haver dois grupos informados, um para Saldo Inicial e outro para especificar a Movimentação no período;
4.5. Para Saldo Inicial deve preencher o tipo como Saldo Inicial e no campo Saldo informe o tipo Somar;
4.6. Para Movimentação no período deve utilizar o tipo Conta Contábil, Movimento como Saldo do Período e Saldo como
Somar.

5. Parametrização do Plano de Contas Referencial:
5.1. Acesse aba Cadastros, opção Plano de Contas Empresa, Extras (F10), Parametrização com o Plano de Contas Referencial – ECD/ECF;
5.2. Clique em Parametrização com o Plano de Contas Referencial – ECD/ECF;
5.3. Na janela da Parametrização será demonstrado o Plano de Contas da empresa no lado esquerdo e o Plano de Contas Referencial ao lado direito após inserir as contas, para isso tecle “F2” ou “Enter” do teclado;
Observação: Caso o usuário optar por parametrizar todas as contas do grupo com a mesma conta referencial, precisa somente selecionar uma conta sintética para o parâmetro e escolher uma conta analítica do plano de contas referencial. O sistema vai replicar a conta analítica selecionada para todas as contas analíticas do grupo.
A partir do layout 8 do SPED Contábil, há a necessidade de informar se gera o plano referencial. Esta informação está na geração do arquivo SPED Contábil na aba de Geração de Informações Oficiais.
5.4.Ao marcar Sim em Gerar Registro I051, o sistema vai gerar as contas que foram referenciadas no passo a passo anterior, caso marque que não, não será obrigatório informar o plano referencial;
É sugerido para que marque opção  Não somente se a empresa é desobrigada da apresentação da Escrituração Contábil Fiscal – ECF, no mês de julho.

6.  Parametrização do Plano de Contas Empresa:

Essa opção tem por objetivo relacionar as contas de acordo com o grupo de contas pertencentes;
6.1. Acesse a aba Cadastros , opção de Plano de Contas Empresa ,  clique em Extras (F10) , Parametrização para o SPED/FCONT/ECF;
Nessa tela de Parâmetros, primeiro selecione o parâmetro, ou seja, o grupo de contas. Depois selecione a conta relativa ao parâmetro relacionado, após isso será demonstrado as contas do plano de contas da empresa. Marque o CheckBox cheq de todas as contas (poderá clicar no ícone icone para selecionar todas), depois salve. Repita os passos para todos os grupos de contas necessários.
Observação: Contas de patrimônio líquido estão dentro do grupo passivo, ao selecionar passivo para a parametrização e clicar na bandeirinha para marcar todos, o grupo de Patrimônio Líquido será marcado como passivo. Aconselhamos selecionar o parâmetro Patrimônio Líquido e na conta/ grupo selecionar apenas o grupo de Patrimônio Líquido para realizar a parametrização de forma correta.

 

Este artigo foi útil para você?
Últimos artigos visitados