DCTFWeb [S-5011] x Tron
3 min
Criado por ANA PAULA DE SOUZA BRITO em 12/05/2021 11:36
Atualizado por RAMALIA SANTOS MOURAO em 26/11/2021 08:24

Conceito:

Nessa opção, é demonstrado a Base total da empresa, valor de Salário Família e Licença Maternidade, quando houver. Se a empresa tiver filiais, essa conferência é apresentada na Matriz, onde irá retornar a Base dela mesma e das filiais, separadamente por Categoria, e por código de Lotação Tributária. 

É necessário envio do S-1299 - Fechamento dos Eventos Periódicos para apresentar os dados nessa tela.

 

Conferência:

1. Acesse a aba eSocial, opção DCTFWeb [S-5011] x Tron, clique em Buscar;

  • Campo Relação de Estabelecimentos retorna a empresa selecionada e filiais caso houver, com seus respectivos códigos de Acidente de Trabalho, Alíquota de FAP e valor do RAT Ajustado;
  • Campo Resumo [Empresa x eSocial] demonstra a Base Empresa do sistema e eSocial, valor de Salário Família e Licença Maternidade, quando houver;
  • Campo Detalhamento - Lotações/Categorias irá apresentar de forma separada as bases por Categoria (empregados, contribuintes, autônomos), e por Código de Lotação Tributária, pois em uma mesma empresa, pode existir empregados alocados em lotações com códigos diferentes.

 

6.png

 

2. Quando há diferença, na coluna Cálculo é demonstrado um X em vermelho . Na linha do erro é demonstrado detalhadamente qual categoria está com diferença e o código de lotação.

 

2.1. Deduzindo uma base pela outra verificamos que o valor da diferença é o valor do Salário Empregado, conforme demonstrado no material Base INSS-FGTS Tron x eSocial (clique aqui e confira);

  • Base Tron: 3.048,18
  • Base eSocial: 4.442,88
  • Diferença: 1.394,70

 

2.2. Para corrigir essa diferença é preciso ajustar a base do empregado no sistema, neste exemplo, adicionando o evento 10001 na composição do evento 10085 e recalculando a folha de pagamento do empregado. Como essa diferença é na base do sistema, não há a necessidade de enviar a retificação do S-1200 do empregado.

 

2.3. Caso a diferença não seja um valor de evento ou empregado específico, deve se atentar aos seguintes pontos:

  • Verificar se foi feito alteração na movimentação e não foi feito o recalculo da folha do/dos empregados (Conforme material S-1200 - Remuneração);
  • Conferir se não foi feito alteração de alguma rubrica no sistema e/ou eSocial, e o envio da alteração no S-1010 com o ajuste, ou o recalculo da movimentação após ajuste do evento de Base INSS (10085).
  • Verificar no XML das remunerações e/ou desligamento se foi gerado todas as verbas pagas na movimentação. Na opção Base INSS-FGTS Tron x eSocial, basta clicar no detalhamento (Lupa) no registro dos empregados/contribuintes.